Blog descontinuado

Este blog foi descontinuado.
Siga-nos agora em www.dealtorisco.blogspot.com

sábado, 20 de dezembro de 2014

Da ideia à ideia com a ajuda do Keep

, ,


Talvez o pensamento de como ganhar (mais) dinheiro, seja actualmente o mais dominante, pelo menos, nos países desenvolvidos. Entenda-se “ganhar dinheiro” sem ser a trabalhar para outrem.
Ganhar dinheiro confortavelmente ou pelo menos suando por algo que se goste ou que valha realmente a pena (monetariamente falando), é a quimera dos tempos modernos. O dinheiro é uma variável presente em todos os aspectos da vida humana, em todas as fórmulas da felicidade.

De forma mais ou menos obsessiva, despendemos um bom tempo a divagar por hipotéticas ideias de negócio e os sonhos que poderiam concretizar. Surgem milhares de ideias mas a maioria são como faíscas fugazes que dificilmente, por inércia da pessoa ou por não serem exequíveis, se chegam a concretizar em negócios rentáveis. Há também ideias cujos autores acreditam serem possíveis de concretizar mas que porque exigiriam muito tempo e dinheiro, são abandonadas ou guardadas até que um dia, para grande frustração da pessoa, alguém que teve a mesma ideia a concretiza.
A criação de ideias de negócio rentáveis foca-se em três pontos:
- encontrar algo que já existe mas nunca ninguém reparou.
- inventar algo novo.
- alterar ou melhorar o que já existe.
Porque muitas ideias acabam simplesmente esquecidas depois de rasgos de inspiração e oportunidade, é importante anotá-las. Antes de passar á fase da acção (a mais difícil), não convém descurar a fase em que uma ideia se solidifica, se torna suficientemente forte e credível. Ou seja, fazer com que uma simples faísca se torne numa chama e mais tarde no fogo...
A possibilidade de rever ideias anteriormente anotadas poderá dar-lhe uma nova perspectiva e limar as arestas do seu conceito, modifica-lo, ajustá-lo. Daí a importância das anotações. Todos ou pelo menos muitos artistas, escritores e autores, anotam as suas ideias. O empreendedor também deverá fazê-lo, até para não andar sempre com uma ideia na cabeça, algo que pode tornar-se obsessivo e fazê-lo perder outras/novas ideias.
Desenvolver ideias implica viver. Observar as coisas simples do quotidiano, os detalhes, buscar a superação e querer fazer melhor e diferente. Convém portanto que andemos sempre com um bloco de notas, que até pode estar instalado no nosso smartphone. A Google tem uma aplicação optima para anotações que funciona como uma espécie de post-it e com funcionalidade de agenda. Chama-se Keep. Funciona em Android e pode ser integrada no Chrome e também no desktop, do Windows, permitindo total sincronização entra as três plataformas.
Uma aplicação que pode ser uma boa ajuda para transformar uma ideia numa verdadeira ideia e depois em algo mais.

0 Comentários:

Publicar um comentário

Página inicial
Blog descontinuado.
Siga-nos agora em
www.dealtorisco.blogspot.com